Clique na imagem para ampliar

Estamos matando cada vez mais jovens no Brasil

Juventude perdida: estamos matando o futuro do Brasil. Em quatro décadas, jovens cada vez mais novos são assassinados. Enquanto o pico dos homicídios em 1980 se dava aos 25 anos de idade, em 2010 já era aos 21 anos.

Fonte: Atlas da Violência (IPEA, FBSP, 2018)

Clique aqui para baixar o estudo completo.